Todos sabemos que as pessoas estão cada vez mais doentes e um dos principais motivos disto que está acontecendo em todo o planeta é um estilo de vida que envolve maus hábitos alimentares, falta de exercício físico regular, obesidade, diminuição da qualidade e quantidade de horas diárias de sono, uso excessivo de redes sociais, uso abusivo de drogas, perda da capacidade de gerenciar conflitos pessoais e de suportar frustrações e ainda muitos outros fatores que funcionam como estressores biológicos, psicológicos e sociais.

Um estilo de vida que não seja saudável com certeza causará graves interferências na sua qualidade de vida pois ocasiona danos importantes nos pontos fundamentais da existência humana ( saúde, relacionamentos, espiritualidade, vida profissional e finanças pessoais ); portanto saber sobre como ter um estilo de vida saudável e por em prática essas orientações em nossas vidas é mais importante do que ter um plano de saúde e do que fazer exames diagnósticos específicos.

Todos nós já sofremos consequências negativas na nossa própria saúde em virtude de um péssimo estilo de vida ou pelo menos já conhecemos alguém que já tenha tido prejuízos na saúde por esse mesmo motivo.

A medicina do estilo de vida é um novo campo de estudo da medicina que através de mudanças positivas na maneira de viver pretende fazer com que tenhamos uma existência mais longa, prazerosa e saudável.

O tratamento das doenças é sem dúvida importante mas cada vez mais tem ganhado relevância a prevenção de doenças e a manutenção e promoção da saúde; portanto tão importante quanto saber a presão arterial ou a frequência cardíaca é conhecer em detalhes sobre como é o seu estilo de vida para que se possa imediatamente fazer as mudanças necessárias para se conquistar melhores resultados na qualidade de vida.

Para quem quer viver por mais tempo e com mais saúde física e mental é obrigatório a criação de hábitos saudáveis mas sem que isso seja um sacrifício pessoal pela presença de restrições ou limites impostos a sua própria vida de tal forma que se possa viver tendo um sentido e extraindo mais prazer e satisfação e que com isso cada um possa chegar ao final da vida sentindo que viveu tudo que estava ao seu alcance.

Um dos sintomas mais comuns na psiquiatria é a queixa de não se ter um bom sono.

     Uma boa noite de sono é fator importante para se alcançar uma excelente SAÚDE MENTAL e contribui imensamente para um dia mais produtivo e repleto de satisfações.

      São inúmeras as orientações para quem deseja um sono restaurador como por exemplo:

1- Pare de assistir TV antes de dormir.

2- Acorde no mesmo horário todos os dias.

3- Beba água gelada pouco antes de dormir.

4- Faça exercícios físicos pela manhã.

5- Mude o alarme do despertador para músicas alegres.

6- Faça uma refeição leve no jantar.

7- Não beba álcool.

8- Faça algo saudável e que você goste (tenha um hobby, um passatempo, etc)

9- Use óculos contra a luz azul.

10- Não consuma produtos que contenham cafeína.

11- Não durma durante o dia.

12- Diminuir a luminosidade de onde se dorme.

Saiba os 4 segredos de uma DIETA ALIMENTAR para você ter uma excelente SAÚDE MENTAL.

     Hipócrates, o pai da medicina,  instituiu a ideia de medicina holística segundo a qual o paciente deveria ser visto como um todo. Segundo essa visão médica o ser humano deve ser visto em todas as suas nuances e incluso nisto, é claro, estão os cuidados que se deve ter com uma dieta alimentar saudável para o corpo e que sirva também para construir uma melhor saúde mental.

    O Pai da Medicina (Hipócrates) em seu livro Aforismas disse: “Que o teu alimento seja o seu remédio e teu remédio seja o seu alimento”. Uma correta alimentação é um dos pilares fundamentais da sua saúde.

As diversas refeições diárias são momentos importantes que se forem vivenciados corretamente podem ser responsáveis por um incremento positivo na nossa saúde mental.

     Existem 4 pontos fundamentais a serem observados no momento em que nos alimentamos porque dependem deles a construção de uma melhor saúde mental; então para se ter uma excelente saúde mental você deve estar atento:

1-  Ao ambiente em que nos alimentamos.

2-  Ao que se discute no momento da refeição.

3-  A boa qualidade dos alimentos ingeridos.

4-  As pessoas presentes durante a refeição.

    Quando você está se alimentando o ambiente é agradável? As discussões são edificantes? Os alimentos são saudáveis? E você ama as pessoas que estão ao seu lado?

Todas essas perguntas são indispensáveis para que você reconheça os pontos fortes da sua dieta e os que devem ser imediatamente substituídos para que você possa ter uma melhor SAÚDE MENTAL.